O resultado que não pode ser dito

Eleições na França tem algumas coisas estranhas. Todo mundo já sabe desde as 18h (13h no Brasil) que o candidato socialista François Hollande ganhou, mas a lei francesa proíbe qualquer mídia do país de anunciar resultados antes das 20h (15h no Brasil), pois alguns postos de votos ainda estão abertpos. Porém, sites belgas e suíços, livres, já apresentaram os primeiros números, mostrando Hollande na frente com 52,6% dos votos.

Enquanto isso, os principais sites estrangeiros preferem também a cautela e não apresentam os resultados de boca-de-urna. E a TV francesa já em cobertura dos resultados, com análises e reportagens sobre o dia de votos, não pode falar nada. E mostra em tela dividida o público em delírio na sede do PS e um público murcho e desanimado na sede do UMP, partido do Président sortant. Mas o apresentador tem a obrigação oficial de dizer que os “dois lados estão animados na espera dos resultados”.

Para comprovar a vitória de Hollande, o UMP já cancelou a festa que seria na Place de la Concorde, enquanto a festa de Hollande está confirmadíssima na Place de la Bastille, na qual estarei lá em algumas horas.

Leave a comment

Filed under Política

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s